MOXK.net Kliniko Blog Feed Blogroll Uso Sobre Mastodon

Audiófilo?

Claro que eu quero ouvir as músicas na melhor qualidade possivel. E foi procurando por recomendações de bons fones de ouvido que acabei descobrindo que existe a comunidade dos "audiófilos", pessoas taradas por ouvir som de qualidade. E é um hobby caro pelos equipamentos sofisticados.

Mas não me considero um audiófilo, simplesmente porque meu ouvido é uma merda. Chego rapidamente num nível que não consigo distinguir as qualidades nos sons, e nesse nível um audiófilo diria que estou ouvindo lixo. Talvez para minha sorte, que encontro o máximo de qualidade sonora com um fone de R$ 150,00.

ALERTA! Cuidado com essa tal de "audiofilia", pode trazer sérios danos à sua carteira!

Qual o melhor formato de arquivo?

Os audiófilos gostam de ouvir músicas diretamente dos arquivos "lossless", arquivos sem compressão que incluem todos os bits de informação da gravação original. Esses arquivos geralmente vem na extensão .FLAC e são bem pesados (coisa de 40 mb pra uma música de 5 min).

Dentre os formatos "lossy" ou comprimidos, estão o mp3 e o AAC (que costuma ter a extensão .m4a). Dizem por aí que o AAC tende a ter melhor qualidade que o mp3 em taxas de bits semelhantes. No entanto, nem todos aparelhos o suportam

E o que são as taxas de bits? São a quantidade de informação gravada por segundo. Vão de 8 kbps até 320 kbps (na verdadei vai até mais que isso, mas pouco importa). Antigamente o "padrão" era disseminar pela internet arquivos mp3 128 kbps (pesando cerca de 5 mb a mesma música de 5 min). Hoje em dia, com a facilidade de armazenamento, o mp3 320 kbps ganhou popularidade (pesa cerca de 12 mg)

Dizem por aí, e eu confirmei na prática, que os mp3 320 kbps já possuem uma excelente qualidade sonora e são praticamente indistuinguíveis do lossless FLAC pros ouvidos humanos (Audiophile or Audio-Fooled? How Good Are Your Ears?). Porém, alguns audiófilos dizem conseguir notar a diferença.

Encontrei um site que disponibiliza testes-cegos com significância estatística (Is your audio system really ready for lossless sound?) para testar se você é capaz de detectar a diferença. Fiz o teste e não consigo de forma nenhuma diferenciar um mp3 320 kbps de um FLAC. Também tive muita dificuldade de identificar um mp3 320 kbps de um mp3 128 kbps. O único teste que eu conseguia ter certeza das respostas foi na comparação do mp3 94 kbps versus o FLAC.

Entranto, em outro teste eu consegui identificar o 128 kbps com facilidade (How Well Can You Hear Audio Quality?). Nesse, de 6 questões, consegui detectar com certeza o 128 kbps em 5 delas. Apenas em uma das músicas não vi nenhuma diferença dos 3 arquivos, a músiia do ColdPlay "Speed of Sound” — talvez tenha relação com o fato de que eu não suporto Cold Play. Nas que acertei o WAV acho que só notei realmente diferença na de Mozart. Nas demais eu apenas identifiquei que existia uma pior e duas melhores e chutei qualquer uma das melhores.

  1. Jay Z "Tom Ford": selecionei o 320
  2. Neil Young "There's A World": selecionei o 320
  3. Murray Perahia (Mozart): acertei o WAV
  4. Katy Perry "Dark Horse": acertei o WAV
  5. Coldplay "Speed of Sound": selecionei o 128
  6. Suzanne Vega "Tom's Diner": selecionei o 320

Fones de ouvido

Conheci o canal do "Mind the Headphone" que me influenciou a comprar um fone intrauricular, o KZ ZSN pro. Foi meu primeiro fone "mais sofisticado". Pra músicas acústicas o som é perfeito, nítido e delicioso de ouvir, nunca tinha experimentado nada semelhante. O problema foi pras guitarras... Um dos meus gêneros favoritos é o Powermetal, repleto de guitarras, e a guitarra nesse fone fica muito estridente, motivo pelo qual acabei deixando-o de lado.

Em seguida comprei um QKZ HBB (também infuenciado pelo Mind The Headphone), um fone da categoria dos "BASSHEADS" (quem gosta de graves realçados, que eu me encaixo). E agora sim, super agradável de ouvir as guitarras, que na verdade soam mais baixo, dando foco ào baixo e baterias — gosto assim. Mas fica nítido que o restante dos instrumentos perdem um pouco do realce.

Em seguida comprei o KZ ZSN pro X, que atualmente vem sendo o meu fone principal. Ele é bem mais neutro e equilibrado que o KZ ZSN pro, apresentando uma qualidade incrível de áudio de forma geral. Entretanto, apenas pro powermetal eu ainda prefiro o QKZ HBB — as guitarras estridentes realmente me incomodam 🙁 (Como pode eu amar powermetal e não curtir as guitarras gritando, é um paradoxo).

Em breve

Depois atualizo essa página com fotos dos fones. Também tenho um headphone da Edifier e um earbud da Kbear que vou descrever.

Também comprei o módulo Bluetooth da KZ, o AZ09 que descrevo depois.



Comente isto por email para webmaster@moxk.net
MOXK.net © 2019-2999 por Filipe em CC BY-SA 4.0
Valid XHTML 1.0 Transitional